Vodafone Rally de Portugal > edição 2011 começa em grande estilo!

POST # 100

Mikko Hirvonen foi o mais rápido na super especial de Lisboa

A edição 2011 do Vodafone Rally de Portugal, a terceira prova do calendário do FIA World Rally Championship, arrancou em grande estilo. Com o início antecipado para Lisboa, o rally voltou à capital 37 anos depois.

E neste regresso a Lisboa, o rally contagiou milhares de espectadores que encheram por completo a Praça do Império para assistir a uma Super-Especial plena de emoção na sequência do verdadeiro espectáculo proporcionado pelos melhores pilotos de ralis do Mundo.

No entanto, havia muito para manter o público ocupado enquanto esperava o início desta primeira classificativa disputado em piso de asfalto.  Houve a apresentação oficial da nova competição denominada WRC Academy (em substituição do Campeonato do Mundo Júnior), cujos participantes terminam a prova no final da segunda etapa (sábado).  O carro utilizado é o Ford Fiesta R2, estando presente no Vodafone Rally de Portugal 18 equipas. Um número de participantes que vem demonstrar a importância deste campeonato oficial.

Mas o regresso da prova a Lisboa conheceu uma importante baixa: o americano Ken Block, que sofreu um aparatoso acidente no decorrer do Shakedown. Embora sem ferimentos graves, Block e o seu co-piloto Alex Gelsomino receberam alta do hospital, mas o carro ficou muito danificado, não permitindo a sua presença nesta etapa portuguesa do Mundial de Ralis.
Após o tradicional desfile das equipas num número significativo de carros clássicos e uma exposição reservada a “velhas glórias” da modalidade, foi a vez da acção começar ao longo de um traçado de 3,27 kms. Os pilotos do WRC Academy foram os primeiros a percorrer o traçado num cenário excepcional, com Yeray Lemes a superiorizar-se aos demais adversários terminando 0,6 segundos à frente de Craig Breen. No entanto, será de sublinhar que Breen danificou a roda traseira do seu Fiesta R2 uma barreira de protecção.

No Campeonato do Mundo de Produção, os tempos realizados pelos pilotos mais rápidos foram praticamente idênticos, com Anders Gröndal a assegurar a primeira posição com menos de um segundo de vantagem sobre Nicolas Fuchs.

Entre os pilotos portugueses, Armindo Araújo – bi-campeão mundial de PWRC 2009/2010 – na estreia do Mini do agrupamento S2000 registou o melhor tempo (10 tempo à geral), seguido por Bernardo Sousa. O actual campeão nacional terminou a 0,8 segundos de Araújo nesta sua prova de estreia ao volante do Ford Fiesta WRC.
Mads Ostberg marcou a sua presença com um ligeiro despiste numa travagem motivado pelos pneus que ainda não estavam a uma temperatura ideal, batendo numa barreira de protecção. Embora tenha continuado a prova, perdeu a roda e perdeu quase dois minutos para os primeiros classificados. Sem parque fechado no final da classificativa, o seu Fiesta deve ser reparado para amanhã estar pronto para arrancar para os troços algarvios.
Mas foi Mikko Hirvonen, da Ford, que assumiu o primeiro lugar ao realizar 2m 49,6s, enquanto marcando o melhor tempo durante a fase de abertura de 1,3 segundos mais rápido que Sébastien Loeb ocupou com o Citroen DS3 WRC o lugar imediato a 1,3 segundos.  A terceira posição pertenceu ao Citroën de Petter Solberg, seguindo Sébastien Ogier (Citroën).
Com as equipas e carros de volta para o Algarve, depois de um dia cheio de actividades na capital portuguesa, os primeiros seis troços em piso de terra aguardam amanhã o verdadeiro arranque do Vodafone Rally de Portugal, com partida agendada do Estádio do Algarve para as 08:00 horas.

(ACP)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s