Pedro Meireles beneficia do azar de Ricardo Moura

Pedro Meireles viu a sorte bater-lhe à porta na última especial da segunda etapa do Rally de Portugal.

O piloto que nesta prova estreia o Mitsubishi Lancer Evo X, chega ao triunfo na prova dedicada aos concorrentes do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR), depois de Ricardo Moura se ver obrigado a abandonar nos últimos quilómetros de um dia em que esteve em grande forma, devido a problemas na caixa de velocidades.

À chegada do ponto de tomada de tempos, Meireles recebeu a notícia através dos jornalistas da Antena 3 presentes no local, tendo demonstrado a sua surpresa e também a sua solidariedade com Moura, para quem fez questão de enviar “um abraço”.

“Tenho pena pelo Ricardo, fez uma excelente prova e merecia ter ganho. Mas os ralis são assim. Estou satisfeito por que a sorte me bateu à porta, já tenho tido azar muitas vezes, mas ainda assim fico triste pelo Ricardo”, referiu aos microfones da Antena 3.

Assim, Meireles acaba por amealhar os 25 pontos dedicados para os pilotos do CPR, mas Ricardo Moura não sai de mãos a abanar, na medida em que o açoriano conquista 10 pontos de bónus. Ainda assim, acaba por ser fraca consolação para quem tinha a linha de meta à vista.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s