Vodafone Rally de Portugal > foi apresentada no Algarve!

Após a apresentação em Lisboa (ontem), teve lugar esta manhã no Estádio Algarve, Loulé, a divulgação da mesma, em terras algarvias.

Presentes o director da prova e de outros membros da organização do rali, como também representantes das Câmaras envolvidas no evento e entidades oficiais.

O Vodafone Rally de Portugal 2012, que se realiza de 29 de Março a 1 de Abril, promete grande animação pelas estradas do Baixo Alentejo e Algarve, depois do seu arranque em Lisboa, num confronto desportivo entre os nomes mais salientes do WRC que fará vibrar os milhares de adeptos que garantirão uma colorida mancha humana ao longo das 22 classificativas que compõem a prova.

Na verdade, tudo parece indicar que o duelo Citroën-Ford, que tem marcado as últimas edições do Mundial, possa agora ter contornos ainda mais interessantes, com a formação liderada por Malcolm Wilson a tentar interromper uma superioridade que a marca francesa tem manifestado nas últimas quatro edições “mundiais” da nossa prova, depois de duas vitórias de Sebastien Loeb e outras tantas de Sebastien Ogier.

Temos mesmo de recuar até ao distante ano de 1999 para verificar o último triunfo da Ford em Portugal, com o malogrado Colin McRae, pelo que o norueguês Petter Solberg e o finlandês Jari-Matti Latvala partirão para a nossa prova com o desejo de demonstrar que a superioridade exibida na Suécia também poderá suceder em provas de piso de terra.

Por outro lado, o campeão do Mundo, Sebastien Loeb, e o seu colega de equipa, o finlandês Mikko Hirvonen, tudo irão fazer para manter a Citroën no lugar mais alto do pódio, tudo isto gerando a perspectiva de um duelo apaixonante, que poderá colocar bem alta a fasquia competitiva da 46ª edição do Vodafone Rally de Portugal.

Em termos desportivos há ainda que contar com o atractivo de uma equipa oficial com as cores nacionais, como é o caso do WRC Team Mini Portugal, com Armindo Araújo e Paulo Nobre, que certamente irá contribuir para levar ao rubro os espectadores portugueses que não deixarão de “puxar” pelo seu compatriota, num motivo mais de entusiasmo para a competição.

Mas muitos mais nomes sonantes irão surgir a seu tempo na lista de inscritos, uma vez que a previsão aponta para um total superior a 20 WRC, entre os Citroën DS3, os Ford Fiesta e os Mini John Cooper Works, o que por si só constitui uma excelente garantia para uma classificação muito disputada nos seus diversos patamares.

Realce ainda para a presença do vencedor das duas últimas edições da prova, o francês Sebastien Ogier, inscrito pela VW Motorsport com um Skoda Fabia S2000, e se desta feita as suas aspirações não serão semelhantes às das últimas edições, não é menos verdade que Ogier será sempre mais um cartaz para esta edição da prova.

Finalmente uma chamada de atenção para a presença dos principais interessados pela conquista do título nacional de ralis, entre os quais o campeão de 2011, Ricardo Moura, em busca da revalidação do seu ceptro, e para a estreia da WRC Academy, um aliciante programa promocional destinado a jovens valores e que, à semelhança do que já sucedera no ano passado, terão em Portugal a sua primeira experiência competitiva aos comandos de um Ford Fiesta R2. De entre esses nomes, destaque para o madeirense João Silva, que acaba de confirmar a sua presença nesta interessante iniciativa.

TROÇOS NOCTURNOS DE REGRESSO

A edição de 2012 do Vodafone Rally de Portugal terá uma extensão total de 1564,26km, incluindo 22 provas de classificação, num total de 434,77km, ou seja, uma percentagem de 27,8 face à distância total e uma média de 19,76km por classificativa, o que confere desde logo uma intensa competitividade ao evento.

Em moldes gerais, podemos apontar três grandes alterações face às edições anteriores:

– introdução de três classificativas nocturnas;

– duas especiais disputadas no concelho de Tavira;

– nova “power stage”, de extensão mais reduzida

Outra mudança para este ano é a substituição do “shakedown” pela “qualifying stage”, que assume as características de uma verdadeira especial, para mais com a oportunidade dos mais rápidos escolherem a sua ordem de partida para o primeiro dia de prova.

Repetindo a fórmula que tanto sucesso teve em 2011, o início competitivo do evento terá como cenário o majestoso enquadramento da Praça do Império, com a realização da super especial de Lisboa, que certamente irá atrair de novo milhares de espectadores à zona do Mosteiro dos Jerónimos e Centro Cultural de Belém.

A partir daqui tudo será diferente, pois o regresso ao sul do País será feito numa ligação por estrada até Ourique, palco de uma neutralização antes das três classificativas nocturnas. Para esta fase da prova, a organização teve em conta todas as questões de segurança que essas classificativas apresentam, reduzindo desde logo a sua extensão, com uma média de 12km, ou seja, cerca de metade da média das restantes especiais.

Por outro lado, foi reduzida para mais de metade a distância habitual entre os postos de rádio, permitindo uma mais rápida detecção de qualquer problema. Finalmente estará disponível um helicóptero ambulância com capacidade de voar à noite, em caso de qualquer emergência, estando ainda previstos dois heliportos na zona, também eles operacionais nessas condições.

Os três troços cronometrados a disputar são: Gomes Aires, na distância de 10,19km, totalmente novo; Santa Clara, com 14,29km, versão mais curta da anterior especial; e Ourique, num total de 11,1km, em que metade será totalmente nova face à anterior versão.

Correspondendo ao desejo que a Câmara Municipal de Tavira manifestou em voltar a acolher o rali no seu concelho, foi possível incluir das classificativas nessa zona, algo que não sucedia desde 2007. Mas esta fase da prova marca ainda o regresso da especial de S. Brás de Alportel ao programa do Rally de Portugal, sendo os seguintes os troços deste segundo dia de prova: Tavira, com 25,01km, totalmente novo; Alcarias, num total de 25,15km, com 70% de percurso novo; e S. Brás de Alportel, com 16,18km, semelhante à versão de 2010

O terceiro dia do Vodafone Rally de Portugal 2012 – 31 de Março – não apresenta qualquer alteração face à edição deste ano, incluindo um conjunto de três classificativas: Almodôvar, com 26,22km; Vascão, perfazendo 25,29km; e Loulé, na distância de 22,57km.

Disputado a 1 de Abril, o derradeiro dia do Vodafone Rally de Portugal apresenta a última grande novidade desta edição, com a introdução de uma nova e curta classificativa, que será o palco do “power stage”, que atribuirá pontos extra em termos de Mundial para os três melhores tempos, prometendo um excelente espectáculo televisivo.

O programa prevê duas passagens pelas seguintes classificativas: Silves, com 21,42km, sem alterações; Santana da Serra, num total de 31,04km, idêntico a 2011; e Sambro, num total de 5,08km, utilizando a parte do troço de Santa Clara que não foi realizada no primeiro dia de prova.

UMA GRANDE RELEVÂNCIA ECONÓMICA

Numa outra vertente, é fundamental salientar o facto de o Vodafone Rally de Portugal ser, desde 2007 e de uma forma consolidada, o acontecimento desportivo com maior retorno económico para o nosso país depois do Euro 2004.

De facto, segundo o estudo elaborado por um instituto especializado independente, a Universidade do Algarve, (Dr. Fernando Perna),  o impacto positivo directo na economia da região onde a prova se desenrola, em particular o Baixo Alentejo e o Algarve, foi de quase 50 milhões de euros, um número muitíssimo significativo, por se registar numa época baixa do turismo naquela zona, e sobretudo se tivermos em conta que 61,3% desta receita correspondeu a exportação de serviços, uma vez que os gastos foram realizados por pessoas ou entidades residentes no estrangeiro.

Igualmente muito interessante  é o registo de um retorno em termos de notoriedade internacional para o nosso país, medido apenas pela exposição nas diversas cadeias de televisão, que atingiu o valor de 42,16 milhões de euros, elevando assim para quase 92 milhões o impacto económico do Vodafone Rally de Portugal 2011.

OPEN ANIMA TERCEIRO DIA DE PROVA

Tal como sucedeu no ano passado, os concorrentes do “Open” de ralis, sem dúvida o campeonato da especialidade mais pujante no nosso país, foram de novo desafiados a animarem o terceiro dia de prova, disputando os troços de Almodôvar, Vascão e Loulé no intervalo das duas passagens dos concorrentes do WRC.

Limitado a 30 participantes, o “Open” irá proporcionar um espectáculo adicional aos espectadores que acorrerem a essas classificativas, num despique que em 2011 foi ganho por Ricardo Teodósio e que agora promete uma vez mais “casa cheia”!

WRC REGRESSAM A FAFE

Dando continuidade às acções promocionais em torno do Vodafone Rally de Portugal, o ACP leva este ano a cabo o Fafe World Rally Sprint, com o apoio da edilidade local, iniciativa que promete devolver o troço de Fafe/Lameirinha à ribalta do mundo dos ralis, com toda a emoção dos seus saltos e a animação dos milhares e milhares de pessoas na zona do Confurco.

Trata-se de uma exibição sob a forma de um rally sprint, a realizar a 24 de Março, e que reunirá os principais carros e pilotos presentes na quarta prova do Mundial do próximo ano.

O Fafe World Rally Sprint terá lugar no cenário privilegiado do troço de Fafe/Lameirinha, aproveitando os últimos seis quilómetros da classificativa. Verdadeiro troço cronometrado, o evento realizar-se-á com base em duas mangas de qualificação e uma final, a que acederão os pilotos mais rápidos.

A edição do Vodafone Rally de Portugal 2012 tem os apoios da Vodafone Portugal, Turismo de Portugal, Instituto do Desporto de Portugal, BP Ultimate, Hertz, Essilor, Instituto Geográfico do Exército, Câmaras Municipais de Lisboa, Almodôvar, Faro, Loulé, Ourique, S. Brás de Alportel, Silves e Tavira, Mosteiro dos Jerónimos, Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico, Agência Portuguesa do Ambiente, Egeac – Padrão dos Descobrimentos, Centro Cultural de Belém, Konica Minolta, Brisa, Fonte Viva, Sagres Zero, D. Pedro Hotels. A Bola é o “media partner”.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s