Vodafone Rally de Portugal 2014 > Comunicado

Motorsport_FB_roller

 

Há cerca de dois anos que o Automóvel Club de Portugal estuda um percurso para o regresso do Rally de Portugal ao norte do País, em conformidade com a vontade da FIA e das populações locais.

Assim, em julho de 2012, o Automóvel Club de Portugal enviou uma carta às Câmaras Municipais de Viana do Castelo, Ponte de Lima, Arcos de Valdevez, Paredes de Coura, Vieira do Minho, Montalegre, Fafe, Lousada, Porto, Arganil, Góis e Oliveira do Hospital na qual eram elencadas as condições para a realização do Vodafone Rali de Portugal naquelas zonas do País.

Todas as autarquias responderam positivamente e comprometeram-se formalmente com a realização da prova durante 3 anos, que teria como centro nevrálgico a cidade do Porto.

Estranha e incompreensivelmente, apenas a Câmara do Porto não respondeu à missiva do ACP. O que tratando-se do maior evento desportivo nacional realizado na atualidade adensa a perplexidade perante tal silêncio.

Há cerca de uma semana, o presidente da autarquia portuense afirmou, no decorrer do Circuito da Boavista, que não queria condicionar o seu sucessor com um compromisso para 3 anos, mesmo que se trate de um evento que custará no máximo 300 mil euros/ano à edilidade e traga um retorno direto em hotelaria e restauração na ordem dos 50 milhões de euros…

Perante a falta de resposta, o vice-presidente da mesma câmara, Dr. Vladimiro Feliz, assegurou pessoalmente ao presidente do ACP que todos os candidatos autárquicos com hipóteses de vitória estavam de acordo e que enviariam à autarquia as respetivas cartas de compromisso para a realização do rali.

Os episódios posteriores são conhecidos da opinião pública, através de uma série de declarações à imprensa por parte da Câmara do Porto e dos seus candidatos a presidente. Refira-se que, dos 3 candidatos com hipóteses de vitória, apenas o Dr. Luis Filipe Menezes acatou todas as condições e formalizou por escrito a vontade de honrar o compromisso de ter o rali no norte.

O Rali de Portugal, como o nome indica, é do País e não do Porto ou de Lisboa como o Dr. Rui Moreira e o Dr. Manuel Pizarro sugeriram. A adesão imediata e entusiasta das restantes câmaras a norte e o retorno que a realização do WRC Fafe Rally Sprint dá desde há dois anos ao concelho de Fafe vão muito além do Porto.

A organização de uma prova desta envergadura e dos compromissos internacionais inerentes à mesma exigem responsabilidade, seriedade e vontade.

Nenhum destes requisitos corresponde ao comportamento da Câmara do Porto e dos seus candidatos.

O Automóvel Club de Portugal tudo fez, faz e continuará a fazer para manter o Rally de Portugal no Campeonato do Mundo, independentemente do local onde se vier a realizar.

Assim, o Automóvel Club de Portugal informa que a edição de 2014 do Vodafone Rally de Portugal vai ter lugar no sul do País.

Lisboa, 2 de julho de 2013

A Direção
2 de Jul de 2013

 

NOTA _ Vejamos se acabaram as “bocas” de vez…

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s